Santo Michael Moore?

Não, longe disso, mas uma discussão recente com um amigo fez-me lembrar a necessidade de tirar este Sr. do Pedestal.

Anúncios